12/09
social-media

Erros que as empresas cometem nas mídias sociais

É impossível não estar nas redes sociais. Ainda que uma pessoa ou empresa não tenham um perfil ou fanpage em alguma delas, facilmente vai virar assunto nesses meios virtuais cada vez mais fortes. A saída é estar presente. E esta é uma máxima que vale não apenas para pessoas físicas, mas também para pessoas jurídicas. Afinal, as redes sociais têm se mostrado cada vez mais uma ferramenta importante de comunicação, especialmente com os consumidores finais.

Mas, como estabelecer uma comunicação eficiente dentro das redes sociais? Separamos algumas dicas essenciais para sua empresa se dar bem nessas mídias!
Falta de transparência

É preciso deixar claro, nas redes sociais, quem é sua empresa e o que ela faz. Os colaboradores também precisam ser identificados adequadamente e declararem a quem representam, para que a comunicação seja transparente.

Falar sobre o que não sabe

Cada empresa é especializada em algumas atividades específicas que realiza. Por isso, é apenas sobre elas que deve se manifestar nas redes sociais, para mostrar conhecimento profundo de seu negócio. Tanto a empresa quanto seus colaboradores devem respeitar as marcas – sua e dos concorrentes – e as leis de direito autoral.

Ser insensato

É preciso ser criterioso ao atuar nas redes sociais, sabendo que aquele é um espaço público, não privado. Engajar-se em discussões pode ser não apenas improdutivo, mas ruim para a imagem da empresa. Se uma informação é estratégica e sigilosa, mantenha-a fora do ambiente da rede.
Esquecer-se de que “percepção é realidade”

Aquilo que o cliente percebe passa a ser a imagem da realidade de uma empresa e de um produto para ele. Se o cliente tiver uma experiência ruim ou negativa, não adianta a empresa tentar contra-argumentar e ter razão. O melhor é desculpar-se pelo ocorrido e informar que está tomando atitudes para solucionar o problema.

Não interagir

As redes sociais foram criadas para poder estabelecer diálogo entre seus membros. Logo, a interação é fundamental. Assim, não basta “falar”, emitindo informações e impondo opiniões. É preciso “escutar”, acatando pontos de vista diferentes sobre sua empresa, produtos e serviços, refletindo sobre eles, e buscando melhorias.

Vender a todo custo

Redes sociais são espaços de relacionamento, não unicamente para compra e venda. Por isso, não adianta só querer vender seu produto ou serviço falando sobre ele o tempo todo. É preciso compartilhar informações verdadeiramente interessantes que tenham a ver com seu negócio para que os clientes sintam que aquilo agrega valor às suas vidas. É preciso respeitar as regras das redes sociais de que participa, sem infringi-las. Mandar spam, por exemplo, é proibido. Mas, muitas vezes, as mesmas mensagens são replicadas inúmeras vezes, o que pode ser entendido como spam.

Precisa de um profissional que entenda de tudo isso e ainda traga resultados para sua empresa? Fale com a Dinâmica MI.

Você vai se surpreender com o que temos a lhe oferecer!

Por: Aline Rotta

Esta entrada foi publicada em Curiosidades, Economia, Internet, Notícias, Tecnologia. Adicione o link permanente aos seus favoritos.